Sexta-feira, 15.06.12

A economia do Reino Unido está em recessão ou mesmo numa depressão? Ou está tudo bem encaminhado?

Cada economista responde à sua maneira. Eu não vou responder, vou apenas mostrar uns dados interessantes.

O gráfico abaixo foi publicado recentemente pelo National Institute of Economic and Social Research e mostra a evolução/recuperação da economia do Reino Unido em períodos que sucederam as recessões mais importantes dos últimos 100 anos.

 

Fonte: NIESR, May 2012

 

O que nos mostra este gráfico?

  • 52 meses depois do início da crise actual, a economia do RU está ainda mais de 4% abaixo do pico anterior.
  • Isto é algo sem precedente; nos outros 4 períodos de crise a economia recuperou bem mais rápido - passados menos de 52 meses a economia ultrapassou sempre o pico anterior, em especial nas crises de 73 e 90.

E se consultarem o documento da fonte (link), o NIESR prevê que a economia só ultrapasse os valores de 2008 lá para 2014. Eles consideram mesmo que o Reino Unido atravessa mesmo uma depressão e não uma recessão.

 

The National Institute interprets the term "recession" to mean a period when output is falling or receding, while "depression" is a period when output is depressed below its previous peak. Thus, unless output turns down again, the recession is over, while the period of depression is likely to continue for some time.

 

PS: Infelizmente penso que não é possível fazer uma análise deste tipo para Portugal por falta de dados históricos fiáveis.

 



publicado por Mais Um Economista às 16:45 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Quarta-feira, 23.05.12

O Banco Central Inglês disse não ao apelo do FMI mas o Governo diz sim - ou pelo menos anunciou que irão ser tomadas medidas de estímulo à economia. Teremos de esperar para ver, mas isto pode ser uma mudança de estratégia do Governo de Cameron, algo tardia mas de felicitar.

 

 



publicado por Mais Um Economista às 14:38 | link do post | comentar

O BoE (Banco Central Inglês) decidiu não alargar o seu programa de quantitative easing e manteve a taxa de juro de referência inalterada nos 0.5%.

Isto acontece um dia depois do FMI ter sugerido que a economia do Reino Unido enfrenta sérios riscos e que deveriam ser implementadas "políticas para estimular a procura". Ao que parece, o BoE não têm a mesma opinião.

Enquanto isso a economia do RU vai-se arrastando - consequência das severas (e desnecessárias) medidas de austeridade impostas pelo Governo de Cameron.

 



publicado por Mais Um Economista às 12:14 | link do post | comentar

Sábado, 19.05.12

Já agora, uns dados interessantes que não abonam nada a favor de Cameron. Aparentemente a austeridade também não tem ajudado muito a economia do RU, que até esteve pior que a União Europeia (UE) e a Zona Euro (ZE) no primeiro trimestre de 2012.

Outro dado interessante é que Cameron ao longo do último ano tem culpado a Europa pelo fraco crescimento económico do RU. Well Mr Cameron, now what?

 

 



publicado por Mais Um Economista às 18:46 | link do post | comentar


Posts recentes

Reino Unido - recessão ou...

But the UK Gov says: well...

BoE says No!

Cameron e a Austeridade

Mais Um Economista

Subscreva para receber os posts no seu email

Posts mais comentados
comentários recentes
Apesar de ser expectável que as previsões não este...
Não era de esperar que as previsões falhassem?
"O que está em causa não é o tamanho exagerado do ...
Este homem é tão burro!
subscrever feeds
Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Tags

todas as tags

links
arquivos

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012